EMPREENDEDORISMO | Paixão por vinho inspira pessoas a empreenderem no ramo.

 

EMPREENDEDORISMO

Paixão por vinho inspira pessoas a empreenderem no ramo


EducaVinhos se tornou a maior comunidade de profissionais do vinho do Brasil, com mais de 1.300 alunos empreendendo de norte a sul do país


Diz a máxima que vinho é arte coletiva. A arte de vender vinhos também é. Com base nesse propósito, em 2020 foi criada a EducaVinhos, uma comunidade de empreendedores com uma missão muito clara: expandir a cultura do vinho através da qualificação e transformação de profissionais que estão ingressando nesta categoria e auxiliando empresas que querem aumentar sua performance de vendas tanto em canais físicos, como lojas e adegas, e digitais, caso de e-commerces e deliveries de vinhos.

Aulas sobre a venda de vinhos nos principais canais, tributação, regras para abertura de empresa, cálculo de custos de venda, importação e conhecimentos básicos sobre vinhos estão entre as etapas do programa criado pela EducaVinhos.

A comunidade conta com mais de 1.300 alunos desde a sua criação e acumula cases de sucesso, como o do casal paraense com deficiência visual, que começou em janeiro e está faturando R$ 20 mil mensais; dois sócios de Recife, que em 6 meses já faturaram mais de R$ 200 mil vendendo vinhos pelas redes sociais; um casal da aviação, que faturou R$ 170 mil em 10 meses em seu ecommmerce; e uma administradora de empreses que criou sua marca própria de vinhos e faturou mais de R$ 100 mil em menos de seis meses. A EducaVinhos também rompeu fronteiras, com alunos da Argentina, Chile, Portugal e Itália.

“Focamos nosso trabalho em pequenos e médios empreendedores, com o intuito de construir uma rede sólida, uma comunidade no segmento. Cerca de 60% dos nossos alunos não trabalhavam com a bebida, começaram do zero e hoje faturam entre R$ 10 mil e R$ 40 mil por mês. Não é necessário investir muito para começar, e essa é uma das principais frentes de atuação da rede que criamos: reduzir custos e facilitar os processos burocráticos para os empreendedores”, explica Diego Bertolini, co-fundador da EducaVinhos, que atua no mercado de vinhos há mais de 20 anos.

Dados da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) indicam que 14 milhões de brasileiros começaram a empreender em 2020. E o ambiente digital é um espaço democrático em que muitos negócios estão nascendo ou se fortalecendo.

Quem ainda não possui conhecimento dessas ferramentas, também terá acesso a conteúdo específico com as mentorias de outros dois co-fundadores da EducaVinhos: Gustavo Tadeu é especialista em Tráfego Pago e ajuda empreendedores a aumentarem a visibilidade de seus negócios no ambiente digital; Tadeu Silva é estrategista especialista em Marketing Digital, mentor de empreendedores na construção de negócios digitais.

“A atuação nesse espaço requer estratégias para atrair e se relacionar com os consumidores. Entender como as plataformas e as mídias sociais podem contribuir para alcançar novos consumidores e saber como atuar em cada uma delas é imprescindível para o sucesso dos negócios”, resume Gustavo Tadeu.

Tadeu Silva destaca que “democratizar não apenas a atuação, mas a venda de vinhos, passa por estratégias no ambiente digital, que devem dialogar com o público de maneira específica de acordo com cada etapa de sua trajetória de consumo”.

Incremento na competitividade dos novos empresários do vinho

Em breve desembarcará no Brasil a primeira importação coletiva da comunidade, um total de mais de 10 mil garrafas vindas do Chile. As embalagens e caixas também são compradas coletivamente, reduzindo em 30% os custos dos empreendedores, e aumentado a competitividade dos pequenos negócios.

No primeiro semestre deste ano, 7% da importação de vinhos no Brasil foi de novos importadores. Ou seja, um campo de oportunidades não apenas para empreendedores individuais, mas para empórios, lojas e restaurantes que ainda não trabalham com vinho e podem começar a realizar suas importações próprias, diminuindo o investimento e aumentando a margem de lucro com a venda da bebida.

O cenário é promissor e indica muitas taças a serem conquistadas no País. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes estima que no Brasil há mais de 1 milhão de bares e restaurantes, porém, menos de 10% trabalham com vinhos. Além disso, nossa “litragem” tem capacidade de expansão – bebemos apenas 2,78 litros de vinho per capita – e o consumo registrou aumento significativo: de janeiro a junho o mercado cresceu 4% em relação ao mesmo período do ano passado, pulando de 200,1 milhões de litros para 208,5 milhões de litros comercializados, de acordo com levantamento da Ideal Consulting.

“Os dados do último ano e do primeiro semestre de 2021 indicam muitas oportunidades de atuação no segmento, especialmente nesse momento de retomada do mercado. O setor brasileiro de vinhos ainda é relativamente novo, há muito para explorar e desenvolver. A EducaVinhos é um catalisador nesse desenvolvimento”, finaliza Diego Bertolini.

Dos mais de 1.300 empreendedores impactados pela EducaVinhos, 220 deles estarão reunidos em Bento Gonçalves entre os dias 23 e 29 de setembro na Imersão Profissionais do Vinho, que vai promover palestras, cursos, rodadas de negócios e experiências em vinícolas da Serra Gaúcha, que receberão o grupo para visitas técnicas exclusivas.

 

A EducaVinhos

Criada em 2020, a EducaVinhos é uma comunidade de empreendedores com a missão de expandir a cultura do vinho através da qualificação, da transformação de profissionais e do auxílio a empresas que querem aumentar sua performance de vendas em canais físicos (lojas e adegas) e digitais (e-commerces e deliveries de vinhos). Foi fundada por três profissionais, que uniram seus conhecimentos e hoje dirigem uma das maiores escolas do mercado de vinhos, que ajuda pessoas comuns a criarem e desenvolverem o seu próprio negócio.

São eles:

Diego Bertolini: soma mais de 20 anos de experiência no mercado nacional e internacional de vinhos. Consultor de mercado especializado em vinhos, até setembro de 2019 atuou como diretor de promoção mercado interno e externo do Instituto Brasileiro do Vinho (IBRAVIN).

Gustavo Tadeu: empreendedor desde 2014, criou a EAD Marketing & Assessoria, empresa especializada em Marketing Digital, lançamento de experts e info-produtos. Se especializou em tráfego pago (anúncios online), ambiente onde já investiu mais de 2 milhões de reais.

– Tadeu Silva: estrategista digital, atuando a 14 anos com desenvolvimento de sistemas web e tecnologia da informação, se tornou especialista na criação de negócios digitais que faturaram múltiplos 7 dígitos nos últimos 2 anos, e, juntamente a seu irmão Gustavo Tadeu, fundou a EAD Marketing & Assessoria.

portal.educavinhos.com.br | @educavinhos

 

                                                     CH2A Comunicação | @ch2acomunicação

Direção: Alessandra Casolato – alessandra.casolato@ch2a.com.br

Coordenação: Magaly Corgosinhocoordenadoria@ch2a.com.br

Telefone * WhatsApp: +55 (11) 9 9239.0569 /9 7641.7472

Deixe um Comentário